2018/02/02

LULA: um cara de sorte!

Embora minha posição política seja contrária a do ex-presidente Lula, tenho que admitir que ele é um cara de muita sorte. Mesmo. Com certeza, sorte não é tudo, ele teve competência para transformar a sorte em resultados. Mas vendo a trajetória dele, levanto os seguintes pontos:

- Não foi eleito presidente (e nenhum outro cargo do executivo) quando o país estava mal (décadas de 80 e 90), pois se fosse, pela sua inexperiência e falta de conhecimento técnico ou político, nada conseguiria fazer, ou possivelmente teria quebrado ainda mais o país;
- Quando foi eleito, assumiu um país com a economia estabilizada, sem a inflação e com a possibilidade de crescimento, muito embora, na oposição, tenha contrariado tais medidas;
- Pode desfrutar dos louros de um crescimento mundial da economia, com a China e India puxando o barco e importando grandes quantidades de matéria-prima do Brasil. Esse crescimento disponibilizou recursos para "distribuição de renda" e tirou muita gente da situação de pobreza extrema no país. O então presidente monopolizou todos os créditos;
- Pode também transformar a dívida externa em interna, livrando o país das temidas mãos do FMI;
- O preço do petróleo se manteve nas alturas durante seu governo, fazendo com que a estatal pudesse lucrar o suficiente para que suas falcatruas não pusessem em risco o resultado da empresa;
- Quando a economia mundial desacelerou e as falcatruas nas empresas públicas vieram a tona, sobretudo na estatal de petróleo, o governo já estava em outras mãos. Pode assistir de fora o circo pegando fogo de longe;
- Quando seguraram seu rabo, usou seus fieis eleitores como escudo para se proteger da justiça e, caso perca a batalha, se martirizar.

Ou seja, para ele, nada pode dar errado! E ainda é capaz de se reeleger presidente da república.
Espero pelo menos que a sua sorte, caso eleito, seja em benefício do país.





1 件のコメント: